Captura de pantalla 2020-12-23 a las 12.40.42

Atención al paciente y citas:

924 240 351

Badajoz I Mérida I Don Benito I Plasencia

MEMBRANA EPIRRETINIANA

O que é a membrana epirretiniana?

É uma patologia da retina em que uma membrana de tecido se forma na área central da retina (mácula) . Esta membrana é semelhante a um papel celofane e quando cresce em extensão e / ou espessura, contrai-se e enruga-se, causando uma deformação e distorção nas diferentes camadas da retina e como consequência uma alteração mais ou menos importante da acuidade visual. 

Membrana Epirretiniana

VITRECTOMÍA

Perguntas frequentes sobre a membrana epirretiniana

Quais são os sintomas?

No início, o paciente pode notar uma leve distorção (metamorfopsia) , ao olhar para as linhas retas, estas podem se manifestar como imagem ondulada, instável, imagem sobreposta dupla, etc. À medida que a membrana avança, também causará uma diminuição apreciável na “quantidade” de visão, com a qual o paciente verá menos e pior. 

Rejilla de Amsler - Metamorfopsia

Como é diagnosticado?

O oftalmologista fará o diagnóstico após o exame do fundo, podendo ainda contar com exames complementares como retinografia em cores, angiografia e tomografia de coerência óptica (OCT).

Qual é o tratamento?

Quando o paciente perceber uma alteração significativa na quantidade e / ou qualidade de sua visão, o oftalmologista indicará a técnica cirúrgica da Vitrectomia para delaminar e retirar a membrana. É uma cirurgia com altíssimo índice de sucesso, conseguindo na grande maioria dos casos uma melhora significativa da função visual do paciente, com rápida inserção na vida profissional após a intervenção.